Follow by Email

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Alergia

A APLV pode surgir nos bebés alimentados de leite adaptado ou leite materno. No caso do leite materno este contém componentes do leite vaca já que a mãe ingere, habitualmente, lacticínios. O leite de vaca é dos alergenos alimentares mais representativos para o grupo etário pediátrico. A sua introdução deverá ocorrer a partir dos 12 meses de idade da criança.


A APLV é mais comum nos latentes, cerca de 2-3% dos bebés e normalmente desaparece entre os 3 e os 5 anos de idade. No entanto algumas crianças mantêm a alergia activa.


A alergia ao leite ocorre quando o sistema imunitário da criança o identifica como algo que deve ser “ combatido”. Ao desencadear-se este processo surge a reacção alérgica e com várias manifestações clínicas. Algumas das crianças alérgicas ao leite de vaca também são alérgicas ao leite de cabra, ovelha e soja.


Determinados factores podem favorecer o aparecimento de APLV tais como: o contacto precoce com doses mínimas e repetidas de proteínas do leite de vaca através do leite materno ou pelo leite adaptado; e a predisposição genética.


Os sintomas em geral aparecem nos três primeiros meses de vida.

Com a bébe pequena ela tinha cerca de 2 semanas a 3 de vida quando por duas vezes em dias separados vez uns raios de sangue nas fezes . No hospitak foi este o diagnostico que nos apresentaram .
Agora ficamos sempre na duvida de seria mesmo isso ou se seria de eu a ter estimulado com o temometro.
Antes ela tomava o leite nestle althera que fica por volta dos 20 euros uma lata de 400 g , que em media nos durava 3 dias .
Era uma gasto enorme entao falamos com a pediatra e ela agora ja a cerca de 1 mes que faz o leite aptamil pept que fica 12 euros a lata .
Tem se dado muito bem com ele .
Agora ficamos mesmo a espera da consulta .

Nenhum comentário:

Postar um comentário